Boletim do OLB-IESP sobre decretos ambientais em matéria do Estadão

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

O levantamento e análise dos dados de decretos presidenciais dos últimos 32 anos, relativos ao meio ambiente, publicado pelo Observatório Legislativo Brasileiro, serviu de base para uma matéria do jornal O Estado de S. Paulo, que ressalta a quantidade e o conteúdo dos atos executivos acerca do tema durante o governo Jair Bolsonaro.

 

Os dados levantados pelo observatório apontam uma queda abrupta de decretos ambientais no início da década de 1990. Essa tendência, porém, começou a ser revertida há cinco anos. “O governo está muito preocupado em favorecer atividades econômicas e ao mesmo tempo pretende usar a gestão militar para maquiar uma série de problemas na administração da Amazônia”, afirmou o cientista político Leonardo Martins Barbosa, um dos autores do estudo. Procurado, o Ministério do Meio Ambiente não comentou.

 

Leia a matéria na página do Estadão, e acesse a íntegra do estudo Decretos presidenciais e o meio ambiente na página do OLB.

Comments are closed.