«Candidatos a vereadores negros tiveram menos tempo de TV nas Eleições 2020», matéria sobre pesquisa do GEMAA

Disculpa, pero esta entrada está disponible sólo en Portugués De Brasil. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

A matéria de Vitória Campos para a Rolling Stone Brasil trata da pesquisa do Grupo de Estudos Multidisciplinares da Ação Afirmativa (GEMAA) acerca do tempo de TV destinado a candidatos negros durante o Horário Eleitoral Gratuito em 2020 em 11 capitais distribuidas por todo o país.

 

«Se o partido possui 25% de candidatos a vereadores negros, a proporção ideal é dedicar 25% do tempo de TV disponível ao partido inteiro para eles – um número proporcionalmente igual. Se o tempo dedicado ao grupo for maior, é uma resultante positiva. Mas, qualquer porcentagem menor, é resultado negativo. Quanto mais próximo do 0, mais igual a uma distribuição par. Com isso, se os vereadores citados acima tivessem conseguido 30% do tempo, possuiriam uma resultante de 5%. Porém, caso obtivessem menos tempo do que o proposto, como 10%, a resultante seria de -15%, um valor negativo. Assim, partidos com resultantes positivas dedicaram mais tempo percentual aos candidatos pretos e pardos, e aqueles com porcentagens negativas disponibilizaram tempo inferior ao ideal, relacionado à proporção de candidatos por partido. »

 

Leia a matéria completa na página da Rolling Stone.

Comments are closed.