Estado de Minas entrevista Pedro Villas Bôas Castelo Branco

Disculpa, pero esta entrada está disponible sólo en Portugués De Brasil. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Na véspera do último 7 de setembro, o prof. do IESP-UERJ Pedro Villas Bôas Castelo Branco, coordenador do Laboratório de Estudos Políticos de Defesa e Segurança Pública (LEPDESP), concedeu entrevista ao jornal Estado de Minas, na qual analisa o risco de ruptura institucional no Brasil:

Temos um mandatário que ameaça constantemente o Parlamento, o Judiciário. Tornaram-se frequentes as ameaças de ruptura institucional, de golpe, que nunca estiveram tão presentes nas redes sociais e nos meios de comunicação. Hoje se faz guerra híbrida, que manipula as emoções de segmentos da sociedade e leva à insurgência contra a Câmara ou o STF. Tudo com base em desinformação e manipulação. E, claro, a mudança também tem a ver com o avanço das novas ferramentas digitais que permitem a ideia de uma relação sem mediação entre o líder político e seus seguidores.

 

Leia a íntegra da matéria na página do Estado de Minas.

Comments are closed.